Página Inicial | Versão na Língua Inglesa

Chove

Chove
As gotas deslizantes formam desenhos surreais na janela
O suave ruído da água soa como uma ode à quietude
Estou sonolento, perdido em teus braços
Que manhã perfeita!

Chove
O frio exterior nos convida a permanecermos onde estamos
Vamos manter nossos corpos aquecidos, acendendo a chama da paixão
Sou teu, faça o que quiseres
Que momento perfeito!

Chove
Por que teríamos de nos levantar e sair desta cama confortável
quando tudo que precisamos está aqui, debaixo do lençol?
Estou faminto, satisfaça meus desejos
Que refeição perfeita!

Chove
Poderia durar para sempre até o fim deste dia chuvoso
Sempre me lembrarei de teu gosto até que eu adormeça de novo
Estou pronto, a chuva se foi
Que fim perfeito!

© 2005 Eduardo Magela Rodrigues

Página Inicial | Versão na Língua Inglesa