Página Inicial | Versão na Língua Inglesa

Espere

Espere, não me enterre ainda
Ainda respiro, apesar de não mais me sentir vivo
O Paraíso queima e o firmamento desaba

Espere, não me mate ainda
Ainda persevero, embora todas as esperanças se acabaram
Os oceanos secam e as montanhas caem

Espere, não me quebre ainda
Ainda acredito, embora não consiga mais ver
O amor perece e a paixão desaparece

Espere, não me deixe ainda
Ainda estou aqui, embora tu pareças não estar

Espere,
Eu posso ser salvo
Espere,
Não quero ficar sozinho
Espere,
Não desista de mim

© 2005 Eduardo Magela Rodrigues

Página Inicial | Versão na Língua Inglesa