Página Inicial | Versão na Língua Inglesa

Fragmentos

Restaram apenas fragmentos nossos
Resíduos de algo outrora sólido
Folhas espalhadas de uma árvore morta
Gotas enlameadas de um lago que seca
Pétalas putrefatas de uma flor esmagada
A última linha de uma carta de amor triturada

Restaram apenas fragmentos nossos
Uma amizade decrépita oriunda de uma paixão alucinante
Um tênue senso de consideção vindo de um amor estonteante
Palavras vazias vindas de uma parceria outrora indestrutível

Restaram apenas fragmentos nossos
porque algumas coisas não podem ser reparadas
quando suas essências são terrivelmente quebradas
e o respeito mútuo é completamente ignorado

Ambos sabemos que não podemos se reconstruídos

© 2005 Eduardo Magela Rodrigues

Página Inicial | Versão na Língua Inglesa