Página Inicial | Versão na Língua Inglesa

Esperança

A escuridão esmaeceu-se em cinza
Ao mesmo tempo em que respiro novamente
Nuvens desapareceram do céu
Quando senti que estiveste cuidando de mim todo o tempo

Ainda há esperança
Para mim

Tempestades tornaram-se chuvas
Nas quais eu posso caminhar e sorrir tranqüilamente
Pesadelos tornaram-se sonhos
Os quais eu acredito possam se tornar reais

Ainda há esperança
Para mim

Montanhas não são obstáculos
Desde que obtive o apoio que precisava
Não temo meu coração
Apenas percebi que o amor estivera sempre perto

Ainda há esperança
Para nós

© 2008 Eduardo Magela Rodrigues

Página Inicial | Versão na Língua Inglesa