Página Inicial | Versão na Língua Inglesa

Simples

Minhas mãos tentam escrever um nome
Desenho mal traçadas linhas
Não posso inventá-la

Não é tão simples

Minha boca procura por palavras românticas
Obtenho apenas sussurros incompreensíveis
Ecoando no mais absoluto vazio

Não é tão simples

Meus punhos tentam romper este muro de insensibilidade
Existe um segundo atrás deste
Eu mesmo os construi

Não é tão simples
E eu não sei o que fazer

Por favor, me salve

© 2008 Eduardo Magela Rodrigues

Página Inicial | Versão na Língua Inglesa