Página Inicial | Versão na Língua Inglesa

Tu

Tu és a estrela que faltava
A luz para minha estrada enegrecida
A doce madrugada da minha paixão

Tu és as palavras que eu não conseguia escrever
O sentido para todos os meus versos
A rima para o meu coração dissonante

Tu és quem eu procurava
As respostas para as questões que não perguntei
O alívio para minha mente cansada

Tu és a flor que desabrocha
A cor que tinge meus sonhos
O perfume que me leva para casa

Tu és o rio calmo que flui
O riacho que leva meus temores embora
A água que mata minha sede

Tu és o vento que sopra
O ar que meus pulmões necessitam respirar
A brisa que me toca durante o pôr-do-sol

Tu és a canção que eu não conseguia escutar
A letra que eu não conseguia cantar
O sentimento que eu não conseguia sentir

Tu és o lugar onde encontro paz
O abrigo onde posso descansar
Meu refúgio quando me sinto triste

Tu és tudo que preciso
Deixe-me ser o mesmo para ti

© 2005 Eduardo Magela Rodrigues

Página Inicial | Versão na Língua Inglesa